Caminhos renovados/A ressurreição e as manifestações de Jesus

Rate this post
 Introdução 
 
A pelo menos treze (13) manifestações  de Cristo ressurrecto.  Sete (7) em Jerusalém; quatro (4) na Galiléia; um (1) no monte das Oliveiras é um (1) na estrada de Damasco. As manifestações de Jesus após ressuscitar trouxe esperança aos cristãos da época e atualmente mostra  a veracidade do evento magnífico que proporcionou a nós humanos a chance de alcançarmos  a salvação em Jesus Cristo. Interessante é o assunto destacado para mostrar a segunda chance de Deus.

 

 Caminhos renovados/A ressurreição e as manifestações de Jesus 1

 

                 
                                                     O dia da ressurreição 
                                                           (Yom Rishom)
                                                    Domingo no calendário 
                                                               Brasileiro 

 

No evangelho Segundo Escreveu João (discípulo Amado) no capítulo 20: 10-18 Jesus aparece a Maria Madalena  no yom Rishom de madrugada. Com a descrição de João mostra alguns personagem envolvidos neste ocorrido.  Após o aviso de Maria aos discípulos, então Pedro e João correram em direção ao sepulcro, mas, João com classe e humildade não dispõe seu nome versus três (3) sendo este ao informar que correu mais que Pedro. Logo, os dois se retiraram e Jesus apareceu a Maria Madalena. Nos versus 19-23, Yom Rishom a tarde Jesus aparece aos discípulos em Jerusalém mas, eram apenas dez (10) pessoas Judas faleceu e Tomé não estava. Oito (8) dias após, tomé presente Jesus reaparece e diz tudo que tomé com sua incredulidade expressou com ausência de Cristo. Depois disso, manifestou-se Jesus outra vez aos discípulos, junto ao mar de Tiberíades. Eles(discípulos) estavam em Jerusalém mas passaram para a Galiléia e estavam na margem
Do mar 7 discípulos. Mar de tiberíades 
é uma extenso lago de água doce localizado no distrito do Norte de Israel, uma área de 166km* com 21 km de comprimento e largura 13 km.  Pedro disse vou pescar. Texto três (3) do capítulo 21 João; os outros acompanharam a pesca de Pedro no mar que Jesus comissionou para ser pescador de homens Lucas 5:1-11, a segunda chance nasce a partir daqui quando retornaram ao mar do testemunho da chamada de um pescador que alcançou as oportunidade em Deus através do Filho. Os discípulos estavam duzentos (200) côvados que corresponde à 92 Metros; quando na margem aparece alguém indagando aos pescadores tem algo para comer? Mas, os que estavam no barco não conheciam porque estava um pouco distante. Só que Jesus disse joga a rede a sua destra, então laçaram a rede e apanharam grandes Peixes que não danificou o instrumento de pesca. Nós quando começarmos a obedecer às palavras de Jesus o milagre acontece é não somos prejudicados. A maior
Dificuldade que é perceptível atualmente surgi com a relutância dos irmãos e irmãs ao não aceitar a palavra de Deus. Muitos dizem que crê mas, na hora de exercitar a fé fracassa. Pedro recebe a oportunidade de lançar a rede novamente ao mar com orientação de um até o momento desconhecido. Ao apanharem cento e cinquenta e três  (153) grandes Peixes que representa grandeza João disse á Pedro que é o mestre na margem do mar, Pedrão ver uma oportunidade e entendi que o seu mestre está lhe dando uma outra oportunidade para usar o talento afim de ganhar almas, então Pedro ao notar que estava inapropriado para se apresenta ao seu Salvador, este se cobre e lançou-se ao mar nadando em direção de Cristo. Caro leitor de atenção nesta situação de Pedro. É notório que um dia fracassou escolhendo coisas erradas, sendo precipitado etc.. Mas seu Rabôni apareceu  em seu caminho mostrou as coisas ocultas, revelou ao Pai e outras coisas profundas. Mas, você, alguém ou parente saiu dos caminhos porque teve medo, apostatou-se da fé, perdeu alguém e estar semelhante a estes homens que procurou algo para fazer, menos a vontade de Deus.  Jesus aparece, reaparece e novamente insiste  em dizer olha Eu, aqui! Assim,
 Caminhos renovados/A ressurreição e as manifestações de Jesus 2
 
não desistiu de Pedro e os demais discípulos. Após os sete(7) homens estarem junto de Cristo na margem do mar; Jesus preparou churrasco de peixe e pão na brasa. Começa todos envolta da fogueira conversar e o Maior Profetas de todos os tempos faz revelação extraordinária na vida de dois rapazes. Rapidinho, lembra do capítulo 20 quando os dois discípulos correram  direção ao sepulcro, Sim eles mesmos, João e Pedro, outrossim, no mar os dois novamente juntos e João reconhece Jesus. Pois é amigo irmão, Pastor e leitor nada é pura caso, e sim cristocidência. Jesus sempre em suas oportunidades afirmava com categoria em andar dois. Dois como testemunha, apoio, consolação, não está só. Então, os dois tem destaque mostrando que Deus tem planos magníficos futuros imagináveis a qual em dupla acaba conhecendo por meio da vontade revelada de Deus. Talvez alguém esteja precisando de amigo? Mas, verdadeiros amigos que chora juntos, pesca juntos, busca com amor fazer a obra de Deus. Pedro e João na roda
De verdadeiros amigos presente acaba ouvindo o Amigo Jesus dizer o futuro dos dois.  Primeiro (1) Pedro que vai honrar com sua morte a Deus, quando se tornar ancião e logo após Jesus diz de João que vai viver bastante tempo. Mas na roda de amigos surgiu um fogo estranho quando Pedrão tenta saber o significado da revelação de João. O que mais acontece quando a revelação para um irmão os outros querem saber, fofocar, questionar a vontade de Deus. Mas Jesus disse:  O que ti importa?  Mesmo tendo oportunidades de Deus para aperfeiçoarmos na conduta cristã temos que ter cuidado para não ofendemos o nosso próximo com atitudes erradas. 
                             
                                                                  Resenha
Podemos através desta descrição bíblica a respeito de segunda chance para aproveitarmos e aderir com disposição em dar-mos o melhor para Rabôni (Mestre dos mestres). Em ocasiões diferentes os dois (Pedro e João) obtiveram experiências extraordinária e aprenderam que Jesus não só como orador em suas apresentações mas, como um Mestre que ensina e Pratica os ensinamentos. Jesus disse: perdoar os ofensores, para que assim lhe suceda em alcançar perdão do Pai. Jesus não errou; os homens que errão até hoje. Só que ele está pronto para perdoar e ajudar a você, como fez com os discípulos,
Para dar a segunda chance de ser melhor.
Autor do estudo:
Pastor Wellington Alves
 

 

                                 Detalhe são seis mil cento e noventa palavras
Fechar Menu