A vitória de forma espetacular

  

Tema:
  Descobrindo desta-lhes da vitória
                                                                    Introdução
 No ano 1200 a.C; chegaram perto de Jericó um povo cujo nome é Israel. No percurso de quarenta anos no deserto por desobediência. O líder Moisés é testado por três etapas na sua vida. 1- Egito/ quarenta anos formalizado pela cultura dos egípcios; não esquecendo que este, era homem culto. 2- Em Midiã/ Moisés tem uma experiência fenomenal. No tanque de Reuel (Jetro) estavam suas filhas no trabalho de cuidar dos animais; Moisés ajuda elas de um bando de pastores sem ética. Quarenta anos ficou em Midiã. 3- Oitenta anos Deus faz uma vocação direta a Moisés/, em uma sarça. (“Seneh” em hebraico, origem do topônimo “Sinai”) é uma planta espinhosa da família das fabáceas, gênero Acácia, o mesmo das árvores conhecidas genericamente no Brasil pelo vernáculo “Jurema” . Estas árvores apresentam a substância psicoativa Dimetiltriptamina – DMT Esta árvore, também conhecida pelo nome de “Shettim”, é citada na Bíblia várias vezes. Mais especificamente chama-se de “ardente” a Sarça quando parasitada pela planta Loranthus acaciae, cujos frutos e inflorescências avermelhados dão, de longe, a impressão de chamas sobre a Sarça. Muitos estudiosos atribuem a este episódio o fato de os Hebreus terem especial apreço pela árvore da Ácacia, sendo que todo o mobiliário sagrado do Tabernáculo e , inclusive, a própria Arca da aliança (que representava a presença de Deus na terra) teve como matéria-prima principal a madeira da sarça (Acacia nilotica, “Shittim”) a qual foi indicada a Moisés nas revelações divinas.) no monte Horebe( Sinai). Deus ordenou tirar as sandálias dos pés; Aqui daremos partida a um profundo estudo que leva a ter compreensão da vitória sobre as muralhas. Moisés não tem a oportunidade para chegar a área prometida, ora, só com olhos contempla a terra mas, não entra. O Senhor seleciona Josué, missão crucial é missão cumprida. Josué começa adquirir experiência na estrada da ordem divina. No tempo exato contemplou o rio Jordão ser aberto pelo poderosa EU SOU QUE SOU. Nas proximidades de Jericó, Deus aparece para este; porque jamais anjo vai mandar o adorar. Este que aparece é bem óbvio que é uma Pessoa da Trindade,  anjo não pode disser tirar as sandálias dos pés, porque o lugar é Santo. Muito relevante ressaltar que Deus só revelou algo, após tirar a sandálias dos pés. Vamos especular alguns pontos fundamentais, Moisés tinha cerca de oitenta anos (80 anos) e o Senhor aparece no monte para Moisés. Agora, Josué está como sucessor de Moisés na liderança; segundo alguns teólogos Josué quando se deparou com o Príncipe do comando do exercito, este estava com oitenta anos (80 anos). Calma!! Deus, faz coisas que não entendemos só depois saberemos( Evangelho segundo escreveu João 13: 7= Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois). Antes, de qualquer coisa precisamos entender por que Deus diz, para Moisés e logo o mesmo acontecer com seu sucessor; tirar as sandálias. Pesquisando e fazendo orações, vejo pela magnarevelção  do Espirito o seu significado. Primeiramente, a cultura no judaísmo que sandálias simbolizam separação/ marcar posse e de suprema importância significar respeito. Aqui, temos uma ordem de respeito. Quantos estão dentro do templo de Deus e não respeitar mas. Hoje só vemos pessoas no celular o tempo todo mexendo na hora da pregação. É facebook, instagram, gmail, twitter, e prestar atenção não quer. Estamos vivenciando os tempos finais a qual as pessoas perderam o temor, amor e reverencia.Tirar as sandálias dos pés!!!! Especulando o assunto de forma minuciosa, depreendo de acordo com a tradição Judaica o povo antes de avançar rumo á terra prometida tirou as sandálias dos pés. Perceba que em relação as sandálias nos pés esta desde de Moisés revelada, pois, não á dúvida quanto aproximação de Deus ao homem quando lhe obedece. A regra de ouro é proximidade do homem á Deus. Rapidamente vou aplicar a experiência do teólogo carismático apostolo João, que teve na ilha de  Patmos. Está foi usada como um lugar de banimento durante os tempos romanos. Segundo uma tradição preservada por Ireneu, Eusébio,Jerônimo e outros, o exílio de João aconteceu em 95 d.C., no ano décimo quarto do reinado de Domiciano. A tradição local ainda aponta a caverna onde João teria recebido a revelação para escrever o livro. Patmos  é uma pequena ilha da Grécia a 55 km da costa da Turquia, no mar Egeu. É uma das ilhas do Dodecaneso, e possui uma área total de 34,6 km² . A ilha é dividida em duas partes quase iguais, uma do norte e outra do sul, unidas por um estreito istmo. A vegetação é limitada, e o relevo, formado de montes relativamente baixos, cujo pico mais alto é o Profitis Ilias (269 m). São quatros pontos fundamentais 1°- Viu Cristo na eternidade e um cinto nos lombos de ouro, isto é no meio; 2°- olhou para cabeça deste, que é branca como a neve; 3°- Olhou para face e não teve forças para continuar mantendo os olhos na direção do Eterno, por causa dos olhos de fogo; 4°- quando olhou para os PÉS/ SANTIDADE, ficou como morto e o Eterno Cristo deu a vida.  Pés, santidade, posse, respeito e você já analisou seu viver para saber que esta nestes requisitos? Quando disse tirar as sandálias dos pés, Ele estava cobrando atitude deste homens, preparo e bom animo. Jericó existia dois muros, de acordo com Dr. John Garsgentang. O muro de jericó interno era de quatro metros de espessura; o externo tinha dois metros de espessura. A distância um do outro era de cinco metros. Os muros eram de dez metros de altura aproximadamente, tijolo do muro de jericó era de dez cm. Em jericó os portões era de madeira forrado com ferro. Os arqueólogos encontraram relíquias deste lugar; sem contar as outras cidades que leva o mesmo nome de jericó, aproximadamente dezoito cidades. Alguns dizem sobre a maneira dos cananeus enterrarem seus parentes mortos ( enterravam debaixo do piso dos lares ). Assim, fontes seguras afirmam como Dr. John, que os moradores de jericó cortavam a cabeça do falecido para por, no culto aos mortos. Estes, adoravam a lua, terra idolatra.  Há documentário que os Judeus afirmam quando o povo começou a rodear a cidade, no domingo. Bom, raciocinando que israel deu sete voltas ( quantos dias rodearam a jericó? sete ) e ( quantas vezes rodearam jericó? 13 ). Então, a jericó caiu no domingo a tarde de acordo com os judeus. Logo, a queda da jericó foi algo tremendo. Quando a cidade caiu, os israelitas tiveram uma visão nítida, assim que a jericó ( problemas, dificuldades, vícios, etc.. ) cair na sua frente, vai notar a visão ampla sem nada atrapalhar. Porque a sua visão esta embasada e precisa focar mas em Deus, que olhar as muralhas do impossível na sua frente. Pode ter dois muros altos e espessos, ora, Deus derrubará, só para te fazer feliz. ( Lucas 1 : 37 
                                     Pense nisso; Deus é maior que os problemas da vida.
Fechar Menu