5 (100%) 2 votes

SOFRIMENTOS DOS ESCOLHIDOS

Compreendendo que o sofrimento é para lapidar o homem

Sofrimentos dos escolhidos

Sofrimentos dos escolhidos  17:01:20 /2018-07-25

 Sofrimentos dos escolhidos/ Você é escolhido para Vencer  (1ºPedro1:13-16)

 

dispersos na ÁSIA MENOR   ( ponto, Galácia, Capadócia, Ásia, e Bitínia

Escrito: Babilônia     Data:  60 ou 64 d.C

Epístola Gerais/ Hebreus até Judas

Palavras-Chaves = Santidade, Santo, Sofrimento.

16 VEZES a palavra Sofrimento na Carta dentre o capítulo primeiro até o capítulo quinto. No tempo do Apostolo Pedro descreveu um pouco do sofrimento dos judeus convertido em Cristo. Quando estes professavam a fé em Cristo foi considerado crime.

Introdução/Sofrimentos dos escolhidos

Sofrimentos dos escolhidos/ A carta nasceu na atmosfera do sofrimento. A palavra sofrimento significa qualquer experiência aversiva (não necessariamente indesejada) e sua emoção negativa correspondente. Ele é geralmente associado com dor e infelicidade, mas qualquer condição pode gerar sofrimento se ele for subjetivamente aversiva. Antônimos incluem felicidade ou prazer. Em uma frase como “sofrendo de uma doença” a ênfase está em ter a doença e menos no desprazer que ela causa. Termos relacionados são tristeza, pesar e dor. Alguns vêem a raiva como um tipo de sofrimento. Tédio, é um sofrimento causado pela falta de experimentar ou fazer coisas interessantes (física ou intelectualmente), quando se está sem ânimo de fazer qualquer coisa, vontade de não fazer nada. 

Desenvolvimento/Sofrimentos dos escolhidos

O tema principal da epístola é SOFRIMENTO (2) TIPOS DE SOFRIMENTO

1 – PERSEGUIÇÃO, TENTAÇÕES E PERSEGUIÇÕES.

    As igrejas entre as regiões da Ásia Menor estavam sendo perseguidas, além do mais havia tentações diversas entre os irmãos Judeus. As perseguições eram tantas que Pedro ficou sabendo a km de distancia da dor desses seguidores de Cristo. Paulo contou um pouco sobre as perseguições e sofrimentos que teve. “São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim.) Eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; em açoites, mais do que eles; em prisões, muito mais; em perigo de morte, muitas vezes. Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um; três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; em viagens, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; em trabalhos e fadiga, em vigílias, muitas vezes, em fome e sede, em jejum, muitas vezes, em frio e nudez. Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas. Quem enfraquece, que eu também não enfraqueça? Quem se escandaliza, que eu não me abrase?  Se convém gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz respeito à minha fraqueza.  O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto.  Em Damasco, o que governava sob o rei Aretas pôs guardas às portas da cidade dos damascenos, para me prenderem, e fui descido num cesto por uma janela da muralha; e assim escapei das suas mãos”.  (2 Coríntios 11:23-33) Jesus disse: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33.

2 – PELO PECADO – Consequências e punições.

    O poder do pecado é minimizado pelos pregadores modernos,  o ser humano conseguiu evoluir em muitas áreas do conhecimento, mas não conseguiu se libertar das práticas pecaminosas que o tem escravizado desde o começo do mundo. Devido a desobediência de tantos que começam a colher resultados ruins, devido as práticas errôneas.  A consequência e punição na maioria dos casos é por causa do pecado, desobediência. Israel no deserto em tempos de Moisés sofreu um tempo longo por causa da idolatria, abandou de fé, murmurações, palavras de ofensas a Deus e, houve punições pesadas. Como diz o profeta do Antigo Testamento planta vento e colhe tempestade (Provérbios 22:8) “Eles semeiam vento e colhem tempestade”. (Oséias 8:7); O meu povo sofre por falta de entendimento. (Oséias 4.6)

De acordo com essa Carta do Apostolo Pedro a um destaque fundamental.

  • Saudações
  • A salvação garantida do Cristo
  • As implicações da salvação (1.13 – 3.12)
    • A santidade Pessoal (1.13 – 16) Exortações em vista da completude da salvação
    • Mandamento de santidade pessoal
    • Vocês serão meu povo santo (Êxodo 22.31)
    • Pois eu sou o Senhor Deus de vocês; consagrem-se e sejam santos, porque eu sou santo. (Lev 11.44)
    • Santos sereis, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo. (Lev 19.2)
    • Serão santos ao seu Deus, e não profanarão o nome de seu Deus (21.6)

Resenha/Sofrimentos dos escolhidos

    O estudo desperta e anima em coragem para não desistir mesmo com grande dificuldade, aos que estão aflitos por causa do erro é preciso se arrepender das fraquezas e tornar a vida preservada para com Deus. Depravação, esfriamento espiritual, corrupção no coração e etc… é necessário uma limpeza no íntimo para então alcançar propósito divino. Porém, se a alguém obedecendo os requisitos de Deus e, sofre, é porque Deus está ensinando a você está se aperfeiçoando em fé. O ministério de Cristo nasceu no Sofrimento, de João Batista no Sofrimento, de Jeremias no Sofrimento, de Abrão no Sofrimento e outros mais no Sofrimento. Então, por quê será diferente contigo? Cada um passa pelo fogo para ser lapidado por Deus. Jesus sem ter pecado passou e, olha que Cristo não errou, mas, Deus permitiu seu Filho passar pelo Fogo da provação e, foi outorgado por Deus. 

Referências

Bíblia, Dake 1995, Corrigida e Atualizada.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sofrimento 

copyright  ©  2014-2018  –  Pastor Wellington Alves  –  todos os direitos reservados

Orador Wellington Alves
 Sofrimentos dos escolhidos 1
Você é escolhida para vencer
Editor's Rating:
5