5 (100%) 9 vote[s]

TEOLOGIA BÁSICA

Maneira Simples de compreender a Bíblia

04/24/2019  22:14:55

Teologia Básica
Teologia Básica

    teologia Básica, auxilia na compreensão da palavra de Deus. Amplia os conhecimentos a respeito de Deus e Cristo além de conhecer mais o Espirito Santo. 

  Na teologia a diversos ramos dos assuntos fundamentais como Hamartiologia; Antropologia; Paracletologia ou Pneumatologia; Cristologia; Theontologia; Soteriologia e etc.. 

  Este estudo é básico e não avançado como o Bacharelado em teologia. A ideia é mostra-lo um pouco da teologia e quão relevante conhece-la para uma caminhada de fé e conhecimento em Deus.

  Em alguns contextos contemporâneos, é feita uma distinção entre a teologia, que é vista como envolvendo algum nível de compromisso com as reivindicações da tradição religiosa estudada e estudos religiosos, que, em contraste, é normalmente visto como exigindo que a questão da verdade ou falsidade das tradições religiosas estudadas sejam mantidas fora de seu campo. 

  Estudos religiosos envolvem o estudo de práticas históricas ou contemporâneas ou das idéias dessas tradições usando ferramentas e estruturas intelectuais que não estão especificamente ligadas a nenhuma tradição religiosa e que normalmente são entendidas como neutras ou seculares.

                                                               TEOLOGIA-BÁSICA/CONCEITO DE TEOLOGIA

    Teologia Básica, é o estudo racional da fé religiosa. 

   É  a interpretação racional da fé cristã.É INTELIGÍVEL – Pode ser compreendida pela mente humana. REQUER EXPLICAÇÃO – Envolve interpretação dos textos bíblicos e sistematização das ideias. 

  ESTUDO BASEADO NA BÍBLIA – A Bíblia é a base e a fonte da Teologia. TIPOS DE TEOLOGIA POR ÉPOCA (teologia patrística, teologia medieval, teologia reformada, teologia contemporânea). 

  POR PONTO DE VISTA (teologia calvinista, teologia arminiana, teologia católica). POR ÊNFASE (teologia histórica, teologia bíblica, teologia sistemática).

                                                                 Teologia Básica /estudante de Teologia deve:

  CRER – Sem a fé é impossível o estudante aprender as verdades de Deus e vê-las transformar sua vida (1 CORÍNTIOS 2.10-16).                PENSAR – A fé é racional, de modo que o estudante deve ter métodos de estudo, avaliação crítica das evidências e combinar os diversos ensinos como um todo.

 DEPENDER – A dependência do Espírito Santo para a compreensão da Teologia é algo fundamental e obrigatório (JOÃO 16.12-15).   ADORAR – O estudo e o conhecimento cada vez mais profundo de Deus devem levar o estudante a uma posição de adoração a Deus por reconhecer cada vez mais que Deus é digno de tal adoração. REVELAÇÃO GERAL REVELAÇÃO ESPECIAL, 

 MEIOS DA REVELAÇÃO GERAL -PELA CRIAÇÃO-PELA ORDEM DO UNIVERSO-PELA CRIAÇÃO DO HOMEM-PELO SEU PRÓPRIO SER- __CONTEÚDO DA REVELAÇÃO GERAL__ A glória de Deus (SALMO 19.1).

  Seu poder para realizar criação (SALMOS 19.1). Sua supremacia (ROMANOS 1.20). Sua natureza divina (ROMANOS 1.20). Seu controle providencial da natureza (ATOS 14.17). 

 Sua bondade (MATEUS 5.45). Sua inteligência (ATOS 17.29). Sua existência (ATOS 17.28). __VALOR DA REVELAÇÃO GERAL__Mostrar a graça de Deus. 

  Colaborar com o argumento do teísmo. Condenar com justiça os que a rejeitam.__CÂNON__Significa “regra”, “padrão” ou “norma” (GÁLATAS 6.16). 

   É o conjunto dos 66 livros inspirados por deus que, reunidos, formam a nossa Bíblia. Inspiração é a supervisão ativa de Deus sobre aquilo que os autores bíblicos escreveram nos escritos originais, respeitando suas personalidades, cultura e faculdades mentais.

TEOLOGIA-BÁSICA/DEFINIÇÃO DE DEUS

  Deus não pode ser definido por uma palavra ou por uma frase. 

 Portanto, é necessário que tentemos, mesmo que de forma limitada, descrever as “qualidades de Deus”, ou seus “atributos”. 

 Essa descrição é limitada, pois Deus é incompreensível a nós. Por isso, o descrevemos com base apenas no que ele nos revelou a seu respeito. Tais descrições apontam igualmente para o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

I) Atributos naturais e morais

  De modo apenas didático, os atributos naturais de Deus envolvem sua essência (ex.: eternidade,Imutabilidade) e os atributos morais, sua vontade (ex.: santidade, justiça).

II) Atributos incomunicáveis e comunicáveis

  Os atributos incomunicáveis são aqueles exclusivos de Deus, como a eternidade e a onipotência. 

 Apenas ele tem essas qualidades e elas não foram transmitidas (comunicadas) a nenhum ser criado. Deus não compartilhou tais atributos com o homem. 

 Os atributos comunicáveis, por sua vez, foram impressos na humanidade na criação: são a inteligência, a vontade e a moralidade, entre outros.

  LISTA DOS ATRIBUTOS DE DEUS: AMOR; ETERNIDADE; IMUTABILIDADE; INFINITUDE; JUSTIÇA; LIBERDADE; ONIPOTÊNCIA; ONIPRESENÇA; ONISCIÊNCIA; PRÉ-ONISCIÊNCIA; SANTIDADE; SIMPLICIDADE; SOBERANIA; UNIDADE; VERDADE.

 ………Estudo sobre Os Nomes de Deus………………..Estudo sobre Triunidade de Deus.. ………Estudo sobre Inspiração da ‘Bíblia’…………..Estudo sobre  Interpretação da Bíblia….

  PRINCÍPIOS HERMENÊUTICOS 

1) Definição
   Hermenêutica é o estudo dos princípios de interpretação (hermenéia ou hermenia = Interpretação).

  Enquanto a exegese interpreta a Bíblia e revela seu significado, a hermenêutica estabelece os princípios sobre os quais a exegese é aplicada.

2) Principais sistemas hermenêuticos

a) Interpretação literal – Também chamada de interpretação “simples” ou “normal”, tem sua base no conceito da inspiração verbal ou plenária da Bíblia. 

  Interpreta as Escrituras de modo a buscar o sentido normal das palavras; 

b) Interpretação alegórica – Alegoria é uma representação simbólica. 

  Na interpretação alegórica, as palavras não são entendidas em seu sentido normal, mas de maneira simbólica, dando um significado ao texto que ele nunca pretendeu comunicar. Faz com que a Bíblia pareça um relato fictício.

3) Razões para a hermenêutica literal

a) Propósito da linguagem – Deus criou a linguagem de modo a ser capaz e suficiente para comunicar as ideias. 

  A Bíblia usa a linguagem para transmitir sua mensagem do mesmo modo que os homens se comunicam: por meio da linguagem simples;

b) Necessidade de objetividade – Sem a interpretação literal não há objetividade no ensino bíblico. 

 Cada um interpretaria um texto como achasse melhor e haveria inúmeras inconsistências e contradições na mensagem;

c) O exemplo da Bíblia – Todas as  profecias sobre a primeira vinda de Cristo foram cumpridas literalmente.

  Não só essas, mas muitas outras foram proferidas usando o sentido normal ou simples das palavras (veja Is 53.5; Mq 5.2; Ml 3.1).

4) Princípios da hermenêutica normal

a) Interpretação gramatical – O início da exegese de um texto é encontrar o sentido gramatical das palavras que comunicam a mensagem;

b) Interpretação contextual – O contexto deve ser estudado para saber a relação do texto com outros textos anteriores e posteriores a ele. Também é necessária a análise do tema do livro e a história que envolve o escrito;

c) Comparar com a Escritura – O fato de Deus ter inspirado as Escrituras confere a elas uma unidade ímpar.

  Assim, é possível interpretar o sentido de um texto comparando-o ao de outros textos;

d) Reconhecer a progressividade da revelação – A revelação de Deus foi dada por meio das Escrituras aos poucos em um longo período de tempo. 

  Assim, o NT acrescenta muita informação e doutrina que não foi revelada no AT. Portanto, não devemos interpretar textos mais antigos de

modo a ver neles conceitos plenos que só foram revelados mais adiante.

               ……….Estudo sobre Existência dos Anjos….

               ……….Estudo sobre Os Demônios………….

 

  Resenha

  Existe muito mais no novo testamento assuntos escatológicos como Juízo Final, Arrebatamento, Tribunal de Cristo e muito mais. Mas, vale apena conhecer a teologia estudando com calmo e analisando textos escrituristicos da palavra de Deus. 

  Teologia não mata e sim ajuda a crescer no conhecimento. Ajuda também a se prevenir contra os falsos mestres.

 

Referências/TEOLOGIA BÁSICA

  Baseado no livro Teologia Básica, de Charles Ryrie (Mundo Cristão) O Novo Dicionário da Bíblia, editado por J. D. Douglas (Vida Nova) Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã, editada por Walter A. 

 Elwell (Vida Nova) Manual Popular, de Norman Geisler; e Manual de Escatologia, de Dwight J. Pentecost (Vida)

 ‘COMENTÁRIOS EXTRAS BÍBLICAS” 

 Faculdade Internacional de Teologia, Faculdade Nacional de Teologia Claretiano, 

Bíblia Dake, ed 1995, Atualizada e Corrigida. Dicionário De teologia Básica, “Claudemir Pedroso”. Dicionário Bíblico João Ferreira De Almeida.

 

copyright  ©  2014-2019 

Pastor Wellington Alves – todos os direitos reservados

Orador Wellington Alves
Teologia Básica / Teologia Básica1 1

Teologia Básica

Editor's Rating:
5